Edições anteriores

2018

v. 2, n. 2 (2018): Ateliê Técnico Científico. Caderno de Resumos de Juiz de Fora

A produção do conhecimento científico é um dos maiores desafios que o ensinosuperior privado brasileiro enfrenta em nosso país. Acostumamo-nos a identificar apesquisa científica como um espaço ocupado exclusivamente pelas Universidades Públicas, com a rara presença de Instituições Privadas. Desafiar estarealidade requer coragem institucional, rigor acadêmico e engajamento discente.

O Ateliê Técnico Científico: Caderno de Resumos de Juiz de Fora ématerialização da associação entre essas três características institucionais, quehoje mobilizam toda a Unidade e buscam transformar nosso universo profissional,tradicionalmente comprometido com o ensino, num ambiente ondeensino-pesquisa-extensão possam efetivamente atuar de forma concomitante.

Nesse caderno encontram-se dezenas de resumos, resultado do esforço coletivode toda comunidade acadêmica Doctum Juiz de Fora, com a intenção depoder oferecer aos nossos leitores a publicização de todo nosso esforço na buscapela produção de novos conhecimentos científicos.

Este processo reforça ainda mais o compromisso da Rede de Ensino Doctum em atuar firmemente em uma educação que transforme a vida de nossos alunos. Este caderno é a concretização de parte deste objetivo, neste caso, e felizmente, através dapesquisa científica. Parabéns aos envolvidos e até o próximo!

v. 2, n. 1 (2018): Ateliê Técnico Científico. Caderno de Resumos de Juiz de Fora

A produção do conhecimento cientifico é um dos maiores desafios que o ensino superior privado brasileiro enfrenta em nosso país. Acostumamo-nos a identificar a pesquisa científica como um espaço ocupado exclusivamente pelas Universidades Públicas, com a rara presença de Instituições Privadas. Desafiar esta realidade requer coragem institucional, rigor acadêmico e engajamento discente.

O Ateliê Técnico Científico: Caderno de Resumos de Juiz de Fora é materialização da associação entre essas três caraterísticas institucionais, que hoje mobilizam toda a Unidade e buscam transformar nosso universo profissional, tradicionalmente comprometido com o ensino, num ambiente onde ensino-pesquisa-extensão possam efetivamente atuar de forma concomitante.

Nesse caderno encontram-se dezenas de resumos, resultado do esforço coletivo de toda  comunidade acadêmica Doctum Juiz de Fora, com a intenção de poder oferecer aos nossos leitores a publicização de todo nosso esforço na busca pela produção de novos conhecimentos científicos.

Este processo reforça ainda mais o compromisso da Rede de Ensino Doctum em atuar firmemente em uma educação que transforme a vida de nossos alunos. Este caderno é a concretização de parte deste objetivo, neste caso, e felizmente, através da pesquisa científica.


2017

v. 1, n. 2 (2017): Ateliê Técnico Científico. Caderno de Resumos de Juiz de Fora

Dizem que existe um caminho lógico para conquista do sucesso em todos os aspectos. E dizem mais, dizem que este caminho pode ser aprendido por qualquer pessoa que tenha realmente decidido o que deseja alcançar o sucesso. O que sabemos de verdade é que não existe fórmula mágica. E sim muito trabalho. E todos se empenharam harmoniosamente para alcançar o objetivo: parabéns! Além de muito trabalho, você utilizou ferramentas valiosas como as dedicação, persistência e humildade para as melhorias contínuas da vida. E assim ganhou técnica e sem dúvida desenvolvimento pessoal. Foram 59 trabalhos colhidos para o nosso Ateliê Técnico Científico. E sigamos construindo sempre, reciclando metas e objetivos, e realizando transformações verdadeiras. Você merece este sucesso!

v. 1, n. 1 (2017): Ateliê Técnico Científico. Caderno de Resumos de Juiz de Fora

Um convite à pesquisaMuitas vezes, a importância do Ateliê Técnico-Científico passa desapercebida, na correria, de alunos e de professores, em um semestre que parece sempre ser mais corrido que o anterior. Para mim e para os coordenadores de curso que participaram da organização do evento, aos quais eu agradeço, ficou cada vez mais claro o imenso privilégio que é contar com um evento como esse, desse porte, sem nem sair de nossa Faculdade: ao longo do evento serão apresentados 61 trabalhos, envolvendo 31 professores e 314 alunos.Em uma palestra já clássica, Max Weber diz que a Ciência é uma vocação; e uma vocação necessariamente acompanhada de algo mais: “pois nada tem valor para o homem enquanto homem, se o não puder fazer com paixão”. Nesse fim de junho de 2017, quando reunimos, nos campi Itamar Franco e Zona Norte para compartilhar um pouco do conhecimento por nós adquirido, convido a vocês, alunos e alunas, para vislumbrarem a possibilidade de se tornarem pesquisadores, professores, amantes da busca pelo conhecimento que se constrói pouco a pouco. Aos demais, fica o desejo que aproveitemos essas seis dezenas de trabalhos a serem apresentados e que possamos aprender um pouco mais com esse belo conjunto de conhecimentos,democratizados ao longo do semestre e, mais especialmente, nos dias do evento.

1 a 4 de 4 itens    


ISSN: 2674-8789